Notícia

Bruno Henrique se diz “no melhor do mundo” e relembra origens: “Tinha dia que o time ia viajar, e não tinha o que comer”

FOTO: ÉRICA MATOS / IGREJA DO RECREIO

Para muitos, a vida de jogador é fácil. Entretanto, poucos conseguem ter sucesso na carreira, pois desistem devido à dificuldade encontrada e também por falta de oportunidade. Bruno Henrique, atualmente destaque do Flamengo, passou por momentos difíceis. Quando atuava pelo Uberlândia, de Minas Gerais, ele chegou a não ter algo para se alimentar.


 Um banco sem tarifas! Venha para o BS2, aqui cuidamos de seu dinheiro, e você ainda ajuda seu time do coração!


Passei várias dificuldades. Todos os jogadores tinham moradia, só eu e mais um amigo morávamos no alojamento. Tinha dia que o time ia viajar e a gente não tinha o que comer às vezes. O dinheirinho que a gente ganhava guardava para comprar um biscoito, um suco… -, disse o jogador, em palestra para cerca de 400 pessoas na noite desta segunda (07), no “Craques da Paz“, evento beneficente na Igreja do Recreio, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Bruno Henrique saiu dos campeonatos de várzea da capital mineira direto para o profissional aos 21 anos. A primeira oportunidade foi no Cruzeiro, onde não tivera sucesso. O atacante passou ainda por Uberlândia, Itumbiara, Goiás, Wolfsburg, da Alemanha, e Santos. Na equipe paulista, o jogador chegou a jogar em altíssimo nível, sendo cogitado na seleção brasileira e equipes da Europa. Porém, uma lesão no olho quase o tirou do futebol.

Sei da importância que é estar no caminho de Deus, minha família é toda da igreja. Vou contar um testemunho do que aconteceu comigo em 2017 no Santos. Estava no auge, cotado para Seleção, para times grandes da Europa… E no primeiro jogo do Paulista me machuquei. Tive uma lesão na vista que me deixou afastado por sete meses. Fiquei pensando: por que tinha acontecido isso comigo? A gente não deve justificar com Deus quando as coisas acontecem. Hoje entendi o por que -, contou o atacante, que aproveitou para enaltecer o Flamengo:

Leia:  Podcast | Rodada Rubro-Negra #5 – Athletico Paranaense 0x2 Flamengo

Fizeram “macumbaria” para não chegar no meu sucesso. Deus falou para ter paciência, que o melhor estava por vir. E hoje eu posso contar que o melhor aconteceu na minha vida: ter sido chamado para a Seleção e jogando no melhor time do mundo. Não conquistei nada ainda, mas se Deus quiser vai ser coroado com chave de ouro esse ano -, finalizou BH.

Após muitas dificuldades, Bruno Henrique vive o melhor momento na carreira. O jogador, de 28 anos, já balançou as redes em 21 oportunidades e deu 13 assistências em 2019. Ele disputou, até então, 46 jogos pelo Rubro-Negro. No Santos, Bruno atuou em 86 partidas, marcou 20 gols e deu 16 assistências. O atacante deve estar em campo contra o Atlético-MG, nesta quinta (10), às 20h (horário de Brasília). O duelo é válido pela 24ª rodada do Brasileirão.

Deixe sua opinião:

pessoa(s) deixaram sua opinião. Sua opinião é muito importante, participe!